sábado, 30 de outubro de 2010

LIBERTAÇÃO INFANTIL


LIBERTAÇÃO INFANTIL

INTRODUÇÃO

Missão
Quando olhamos para qualquer criança temos que entender qual o propósito de estarmos nesta terra: CUIDAR ENSINAR PROTEGER

As crianças de lares com problemas aprendem três regras: NÃO CONFIE NÃO SINTA NÃO FALE.

Um desafio enfrentado pelos que trabalham com crianças é discernir a razão do comportamento delas.
O professor desempenha às vezes um papel vital como o único adulto capaz de ajudar crianças carentes, a entender o seu valor aos olhos de Deus.

VOCÊ ACHA QUE CRIANÇA PODE FICAR ENDEMONINHADA?

“Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8.32)

“Um homem no meio da multidão disse: Mestre, eu te trouxe o meu filho que está com um espírito que o impede de falar, onde quer que eu o apanhe, joga-o no chão.
Ele espuma pela boca, range os dentes e fica rígido. Pedi aos teus discípulos que expulsassem o espírito, mas eles não conseguiram.
Jesus respondeu: Ó geração incrédula, até quando estarei com vocês? Tragam-me o menino.
Então eles o trouxeram. Quando o espírito viu Jesus, imediatamente causou uma convulsão no menino.
Este caiu no chão e começou a rolar, espumando pela boca.
Jesus perguntou ao pai do menino: Há quanto tempo ele está assim?
Desde a infância, respondeu ele.
Muitas vezes esse espírito o tem lançado no fogo e na água para matá-lo, mas se pode fazer alguma coisa, tem compaixão de nós e ajuda-nos.
Se podes? Disse Jesus. Tudo é possível para aquele que crê. Imediatamente o pai do menino exclamou: Creio, ajuda-me a vencer minha incredulidade.
Quando Jesus percebeu que uma multidão estava se juntando, repreendeu o espírito imundo dizendo: “espírito mudo e surdo, eu ordeno que o deixe e nunca mais entre nele”.
O espírito gritou, agitou-o violentamente e saiu.
O menino ficou como morto, ao ponto de muitos dizerem: Ele morreu.
Mas Jesus tomou-o pela mão e o levantou, e ele ficou em pé. Depois de Jesus ter entrado em casa, seus discípulos lhe perguntaram em particular: Por que não conseguimos expulsá-lo?
Ele respondeu: Essa espécie só sai pela oração e pelo jejum”.
(Marcos 9.17-29)

Verdades Bíblicas

Algumas doenças podem ser espirituais;
A fé dos pais é o instrumento que Deus vai usar para libertar os filhos;
Um bom diagnóstico da situação é importante antes de impor as mãos e orar;
A ministração de libertação deve ser específica;
Na ministração infantil pode acontecer as mesmas manifestações do adulto;
Quem trabalha com libertação precisa ter uma vida de oração e jejum.

“Cuidado para não desprezarem um só destes pequeninos! Pois eu lhes digo que os anjos deles nos céus estão sempre vendo a face de meu Pai celeste. O Filho do homem veio para salvar o que estava perdido. O que acham vocês? Se alguém possui cem ovelhas, e uma delas se perde, não deixará as noventa e nove nos montes, indo procurar a que se perdeu? E se conseguir encontrá-la garanto-lhe que ele ficará mais contente com aquela ovelha do que com as noventa e nove que não se perderam. Da mesma forma, o Pai de vocês, que está nos céus, não quer que nenhum destes pequeninos se perca”.
(Mateus 18.10-14)

Verdades Bíblicas

A criança pode se perder;
Existe uma guerra espiritual contra a vida da criança;
As crianças podem ser salvas e libertas;
A igreja não pode menosprezar o valor da criança.

A IGREJA PRECISA TOMAR POSIÇÃO E CUIDAR DE SUAS CRIANÇAS PARA QUE NÃO SE DESVIEM DO CAMINHO (A IGREJA SOMOS NÓS)

COBERTURA ESPIRITUAL

“Fez o Senhor Deus vestimenta de peles para Adão e sua mulher” (Gênesis 3.21)
• O Senhor cobriu a nudez física e espiritual
• Ser cobertura é ser autoridade

Exemplos de Autoridade (Cobertura)
• Família – Pai
• Igreja – Pastor
• Governo – Presidente da República
• Estado – Governador
• Cidade – Prefeito

A CRIANÇA NÃO SE COBRE SOZINHA

A CRIANÇA É O “TERMÔMETRO DO LAR”
Observe uma criança, se é rebelde, faz xixi na cama fora de época, carência excessiva, revolta, medo, masturbação, gagueira, choro, gritos, sono irrequieto, é porque alguma coisa não vai bem dentro de casa. Outro fator é a transferência de demônios que podem vir dos pais que têm a autoridade sobre a vida da criança. É importante que cada caso seja muito bem estudado.

QUAL É A ORIGEM DO PROBLEMA?

Estudos afirmam que 90% dos problemas das crianças começam na vida intrauterina.

Vida Intrauterina
...“espíritos familiares” atuam em uma família por causa do pecado (Dt. 28 e Êx. 20.5), e enquanto isto não for renunciado e expulso, e os pactos com as trevas rompido definitivamente, estes espíritos tentam perpetuar nas gerações. Não somente atuando na área espiritual, mas trazendo deformações na personalidade e no comportamento.

COMO UMA CRIANÇA PODE SER REJEITADA?
1. Rejeitada pelos pais ainda no ventre;
2. Rejeitada de fato, através do abandono;
3. Rejeitada pelo sexo ou pela aparência;
4. Através da comparação;
5. Através da palavra de maldição;
6. Através da disciplina ineficaz e desequilibrada;
7. Ao entrar na adolescência (pré-adolescente).

TIPOS DE REJEIÇÃO
• Os pais ou apenas um não queria a gravidez;
• Tentativa de aborto;
• Pais queriam menino(a) e nasceu menina(o);
• Palavras de maldição lançada pelos pais.

Momento do parto
• Eclampsia e pré-eclampsia;
• Parto fórceps;
• Parto demorado ou cordão enrolado no pescoço.

SATANÁS É LEGALISTA, E QUANDO CRIATURA DE DEUS REJEITA CRIATURA DE DEUS, ELE ASSUME A PATERNIDADE

FALHAS DE PERSONALIDADE
• Roubo e mentira;
• Dupla personalidade;
• Baixa autoestima;
• Rebeldia.

PRÉ-ADOLESCÊNCIA E ADOLESCÊNCIA

MUDANÇAS NO CORPO
• Menstruação;
• Ejaculação Noturna.

HERANÇA FAMILIAR

Que tipo de pecado envolve o antepassado da criança?
• Idolatria;
• Vícios;
• Feitiçaria;
• Prostituição;
• Adultério;
• Roubo;
• Mentira;
• Escravidão;
• Corrupção;
• Rejeição a Deus.

“Como pássaro no seu vaguear, como a andorinha no seu voo, assim a maldição sem causa não encontra pouso” (Provérbios 26.2)

SATANÁS USA A IGNORÂNCIA DOS PAIS COM RELAÇÃO À PALAVRA DE DEUS E CONSEGUE A LEGALIDADE QUE PRECISA


PORTAS ABERTAS
• Benzimento dos filhos;
• Passe;
• Simpatia;
• Consagração (outros deuses);
• Remédios e chás vindos de pessoas desconhecidas;
• Batismo aos mortos;
• Aceitar presentes consagrados;
• Usar roupas consagradas;
• Filmes e brinquedos consagrados;
• Novelas;
• Palavras de maldição;
• Festas consagradas.

SINTOMAS DE “OPRESSÃO” MALIGNA
• Enfermidades constantes;
• Medo excessivo e patológico;
• Rebeldia ao extremo;
• Depressão e introspecção;
• Desequilíbrio emocional;
• Visão de vultos;
• Audição de vozes;
• Visão de movimento nos brinquedos;
• Bloqueio mental;
• Dificuldade escolar;
• Hiperatividade;
• Uso exagerado da mentira;
• Resistência a fé.

OS SINTOMAS NÃO PODEM SER AVALIADOS ISOLADAMENTE

PASSOS PARA LIBERTAÇÃO
• A criança precisa de acompanhamento para descobrir as portas de entrada, e todo atendimento deve ser acompanhado por um dos pais mesmo que seja adotivo;
• Os espíritos malignos devem ser expulsos deste o residente até o último;
• Ungir a região umbilical, quebrando toda hereditariedade maligna e todos os espíritos transferidos através do sexo. Pedir a Deus fogo do céu para queimar os demônios que se alojaram nesta região trazendo enfermidades;
• Ministração de cura interior desde o ventre;
• O perdão dos pais (mesmo adotivos), pois o perdão expulsa os verdugos (isto independe da idade);
• Restauração da personalidade por meio de aconselhamento.

Não é necessário muito óleo para esta unção, faça tudo com discrição, não se esqueça que você esta ministrando à criança, tome cuidado para não agredi-la.
Quando ungir partes resguardadas no seu corpo, faça com toda a descrição, a criança não gosta de ser exposta.

PONTOS IMPORTANTES NA LIBERTAÇÃO INFANTIL

• A criança por si só não tem os pecados que os adultos têm (os demônios ainda estão na superfície);
• A criança é muito verdadeira, não cria resistência, ela é simples e tem o coração sensível;
• Não podemos ministrar libertação em crianças sem antes criar um vínculo com ela;
• Quando uma criança for muito pequena, a ponto de não entender a ministração, clame ao Senhor para que Ele a faça dormir, e ministre o seu espírito;
• Quando os pais não vêm juntos, precisamos requerer de Deus sua autoridade em nossas vidas baseados em sua Palavra que diz que as portas do inferno não prevalecerão sobre a Igreja, e que Ele já entregou a chave em nossas mãos;
• O ideal é que os pais sejam libertos primeiro, para que estejam com o coração disponível para cuidar da criança, mas isso não é uma regra;
• A criança é o reflexo do ambiente em que vive, é o termômetro do lar (fator que determina que alguma coisa não está bem);
• Não há idade correta para uma criança ser liberta, pois a Bíblia diz que uma criança já ouve dentro do ventre da mãe, e a ciência já prova isso;
• Na hora da ministração peça revelação de Deus para saber o que está acontecendo, porque pode não ser a presença de demônios, mas falta de correção;
• Não podemos usar palavras fortes para ministrarmos a criança. O demônio não sai pela altura da voz, mas pela autoridade que há no Nome de Jesus;
• Nem sempre o demônio agitará a criança ou ficará gritando, ele pode sair por uma lágrima, bocejo, sono, etc., mas lembre-se de antes de iniciar a ministração amarrá-lo em Nome de Jesus, porque ele fará de tudo para nos envergonhar e fazer com que a criança pareça uma coitadinha fazendo com que os pais acabem desistindo;
• Nunca envergonhe ou assuste uma criança. Sempre que perceber uma manifestação retire a criança do meio das outras e ore com ela separadamente.

COMO PROCEDER A LIBERTAÇÃO INFANTIL?

• Procurando saber qual é a hereditariedade da criança;
• Descobrir o que aconteceu desde a concepção, até o nascimento;
• Qual é o histórico dos pais (religião, relacionamento, etc.);
• Que tipo de educação a criança recebe;
• Quais são as atividades recreativas;
• Como é o comportamento dela na escola.

SEM PERDÃO, NÃO HÁ CURA INTERIOR

Quando recebemos crianças feridas (abuso, maus tratos, palavras mal faladas...)
• Faça uma boa recapitulação do Plano de Salvação e do grande amor que Deus tem por ela;
• Assegure-se de que a criança entenda que sua luta não é contra a pessoa que a feriu, mas contra o inimigo;
• Deixe que ela conte tudo sozinha, jamais procure conduzi-la, isso poderá influenciá-la;
• Ajude-a a liberar perdão e entregar tudo nas mão de Deus.

A CRIANÇA TEM O CORAÇÃO MUITO PURO E QUANDO ELA PERCEBE QUE O SENHOR JAMAIS IRÁ ABANDONÁ-LA FICARÁ LIVRE DA DOR.

32 comentários:

  1. Jô, sua aula foi ótima, fiquei realmente impactada, tive inclusive dificuldades para dormir pensando em quanto eu tenho sido negligente com relação às pessoas a minha volta. Nunca imaginei que o inimigo investisse tanto nas crianças (nunca parei para pensar). No final você orou dizendo que aquele tema não deveria ser apenas matéria de prova, pode ter certeza não será, eu sai de lá transformada. MUITO OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaamei a aula, deu para refletir bastante, e que final heim? Sua família é linda.
    Quando sai nosso seminário? Esse povo precisa acordar e deixar de ficar dividindo as coisas em ministério disso ou daquilo é preciso que haja um só corpo e que todos conheçam o que tem a disposição. Estou no 4º módulo e não sabia que existia Libertação Infantil na igreja. Porque não é divulgado? Porque não se aumenta essa visão?
    Sua aula foi pra tocar a gente no mais profundo mesmo. Eu não quero ser mais uma acomodada que espera acontecer. Vou contar pra todo mundo o serviço que temos na igreja a partir de agora.

    ResponderExcluir
  3. Até agora não consegui esquecer da aula, realmente acabamos sendo negligentes em relação às crianças, sempre pensamos em deixá-las com alguem para que cuide enquanto assistimos o culto. Fiz a escada da fé recentemente, meu filho ficou com vocês e nunca me dei conta do trabalho que realizavam,achava que estavam cuidando enquanto eu estava sendo tratada. No próximo ano pretendo retornar e ficar com ele, preciso cuidar dele. Parabéns pelo trabalho.

    ResponderExcluir
  4. Jo, esse artigo é pra se pénsar muito, na minha igreja não há libertação, muito menos de crianças, mas pensando em tudo que você publicou, creio que esteja na hora de revermos os nossos conceitos. Me ajudem orando, sou muito pequeno para mudar alguma coisa, mas Deus pode todas as coisas.

    ResponderExcluir
  5. Filha, continue com esta visão de Reino, investinido no conhecimento das pessoas que trabalham com crianças. Gostaria de acrescentar que libertação envolve muito mais que uma apostila, é preciso orar muito e buscar a revelação de Deus, mas o diabo já é um derrotado em Jesus.

    ResponderExcluir
  6. Meu filho tem 10 anos e ainda faz xixi na cama todos os dias, já orei, jejuei, bati,mas nada dá resultados. percebi que tem a ver com rejeição. Fui abandonada pelo pai dele ainda grávida e nunca mais me relacionei com ninguem, trabalho fora e também na igreja. O que posso fazer para ajudá-lo?

    ResponderExcluir
  7. Ministerio Jô Sanches4 de novembro de 2010 14:34

    Escreva para o meu e-mail: ministerio@josanches.com.br contando o que realmente aconteceu e em breve estarei retornando para um possivel atendimento.

    ResponderExcluir
  8. Sou evangelico a muitos anos e tenho um filho de 7 anos que tem demonstrado uma mudança de comportamento terrivel. Tenho orado e Deus tem me dito que ele precisa de libertação. como vc abordou este tema no seu blog gostaria de saber se poderia dar um atendimento particular p ele. Somos de Sorocaba.

    ResponderExcluir
  9. oi sou eu de nv já estou enviando o caso dele pro seu e-mail. obrigado

    ResponderExcluir
  10. Você tem um grupo que dá palestra sobre isso, ou está disponível para vir em Curitiba. Temos uma igreja com pouco mais de 500 membros, mas gostaria que ela tivesse toda estrutura.

    ResponderExcluir
  11. Estou cuirioso para saber como é a manifestação de uma criança, afinal você deixa claro que as manifestações podem ser iguais ou piores. Tem alguma foto, ou maiores explicações?

    ResponderExcluir
  12. Antonio Carlos, nós procuramos nunca expor as crianças, assim como não devemos expor o adulto também. Jamais eu tiraria uma foto ou faria uma filmagem de alguem manifestando. na minha opinião seria dar muita glória para o inimigo, mas tenho vérias fotos de moveres do Espírito Santo, vários testemunhos de cura, de restauração familiar. O Senhor é tão maravilhoso que não vale a pena entregar os nossos olhos para ver as obras do diado.
    Manda um email pra mim e eu estarei entrando em contato, estou a disposição para tirar todas as dúvidas que forem possíveis.
    Josiane Sanches

    ResponderExcluir
  13. Pra Ana Maria, estaremos orando neste sentido, não depende de mim mas da liberação da igreja que congrego. Manda por email o endereço e estarei entrando em contato.
    Josiane Sanches

    ResponderExcluir
  14. Jô somos de um ministerio infantil em Joenvile e queremos saber se você tem algum material sobre hiperatividade, O materisal sobre libertação já ajudou bastante, assim como o Pastoreando crianças diante de Deus tem ajudado muito, mas estamos com alguns casos que não sabemos como resolver.

    ResponderExcluir
  15. ESSE MATERIAL É TUDO DE BOM. BRIGADÃO

    ResponderExcluir
  16. Este tema é muito real, algumas pessoas pensam que crianças não tem problemas espirituais, mas elas também precisam de ajuda.

    ResponderExcluir
  17. Achei o blog na internet, porque estava procurando algo para entender o que estava acontecendo com minha filha.
    Ela tem 6 anos e de 2 meses pra cá, começou a fazer xixi na cama, e diz que ouve a boneca falando com ela, não consegue dormir a noite e deixa todos na casa perturbados.
    pelo que entendi isso tem a ver com demônios, não sou evangelica, mas preciso de ajuda. estarei mandando todo caso para seu email, sou do ES, não sei de onde é. Por favor, me ajude.

    ResponderExcluir
  18. Se eu contasse tudo que passei na minha infancia, não teria espaço para escrever, sofri muito sendo chamado de mentiroso, mas hoje vejo que as coisas estão mudando e pessoas tem investido nas crianças. LOUVADO SEJA O NOME DO SENHOR.

    ResponderExcluir
  19. O pior é que atualmente os consultórios tem ficado lotados de crianças que passam por ações malignas e os pais nem imaginam.

    ResponderExcluir
  20. Só de pensar que uma criança passa por isso chega a dar arrepios.

    ResponderExcluir
  21. Se eu entendi direito,mesmo depois que a pessoa morre, o espírito familiar continua agindo no resto da família?
    Que coisa macabra!Melhor é rezar mais.

    ResponderExcluir
  22. Precisei de material para ministrar sobre libertação para as crianças da igreja onde congrego.
    Gostei muito do que encontrei neste site, foi muito enriquecedor.
    Agradeço de coração, E que Deus continue abençoando grandemente sua vida e seu ministerio.

    ResponderExcluir
  23. Sou de Santa Catarina e faço Psicologia, achei que seria loucura apresentar o seu artigo na facu, mas esta semana montei tudo no power e foi um sucesso, verdadeiramente eu creio que nem tudo sejam coisas da mente,parabéns pela desenvoltura.

    ResponderExcluir
  24. E tem gente que não acredita que cça fique endemoniada. vi meu sobrinho de 3 anos, engrossar a voz e ficar com a força de 4 homens arremessando o pais dele contra a parece. Isso é real eu vi

    ResponderExcluir
  25. Eu li todo seu material sobre Libertação, mas isso não da bagagem pra eu ministrar a vida de meu filho e minha igreja não aceita isso, mas eu estou vivendo sérios problemas com ele, me ajude sou do interior de Minas Gerais e não tenho como ir até ai e acho que uma única visita não seria suficiente vou mandar meu e-mail em outo coment[ario mas não publique por favor.

    ResponderExcluir
  26. Jô sua ministração foi de Deus pra minha vida, estou andando e buscando direcionamento em Deus pro meu ministério e Ele tem me levado a libertação, meu namorado e eu temos um trabalho com crianças em um bairro carente de nossa cidade e temos notamos grande diferença ao compara-las com as crianças da igreja [ de pais cristãos], somos da Comunidade Cristã de Bacabal -Ma, um ministério de libertação e cura interior, estamos nela a menos de 6 meses e já temos esse trabalho com crianças. Sua ministração foi bem esclarecedora e informativa para mim, estarei acompanhando seu blogger, Obrigado. Marta Costa ;)

    ResponderExcluir
  27. sou ministra de libertação fiz esse curso no ágape,(adultos),porem não estou sabendo lhe dar com inha filha de 3 anos,ela fica até istérica qdo a tia vai embora mesmo morando no mesmo quintal,já orei ungi porém nada aconteceu.

    ResponderExcluir
  28. ela se apegou a Tia mais que o normal, chamamos isso de ligação de alma, procure ungir o umbigo que é o ponto de contato entre vc e ela, cancele todas as heranças familiares no mundo espiritual.... qualquer duvida entre em contato pelo meu e-mail jo_z_sanches@hotmail.com

    ResponderExcluir
  29. Sebastiana Aparecida17 de agosto de 2015 14:48

    Sou pedagoga e psicopedagoga. Leciono Educação Cristã a vários anos e ministro vários Seminários, para professores, pais e para crianças. Como educadora, defendo a prática da Educação Cristã, ainda quando a criança está no ventre, pois a ciência nos prova que a criança ouve, ainda antes de nascer. Infelizmente, as igrejas evangélicas, em sua maioria, não têm levado a sério o ensino das crianças e por isso hoje estamos carentes dessa libertação infantil. Que Deus ajude a liderança da igreja e a desperte para o cuidado com pequeninos desde a tenra idade. S. Aparecida De Nardi.

    ResponderExcluir
  30. Olá tudo bem?
    Paz!
    Tudo bem?!
    Bem! Eu busco referências sérias de sítios e locais específicos e pessoas serias e responsáveis e capazes para expulsao de demônios e para libertação de pessoas possessas por espíritos kundalini e outros do grupo e etc.
    Especificamente na area evangélica.
    Sendo necessário hospedagem e ou local para a libertação deste tipo de demônio etc. Caso haja extensão do periodo e do processo de libertação.
    Lucas
    Whatsapp 3186106692
    Lucasbhtemg@hotmail.com

    ResponderExcluir